terça-feira, 12 de outubro de 2010

Pick a number... (a foto chega mais tarde)

Se fosse Crumb¹, alguém gritaria "ALMÔNDEGA!". Fosse novela, seria papo prá outro capítulo. Mas não. Também não foi um sonho, está acontecendo agora: acordo numa cama (que não me é) estranha. Um ronronar que faz toda a diferença me faz lembrar.
Então, paro. Olho para o teto; sensação de bem estar. DELA é o corpo quente ao lado, DELA é o sabor - ainda - na minha boca. Sorrio, sei onde onde estou e é onde escolhi estar.
Ainda é cedo, ouço alguns carros na rua - não tão longe -, uns pássaros achando que ainda existe Mata Atlântica, madeira estalando. Ainda é cedo. Então, viro pro lado e junto meu corpo ao dela: sinto seu cheiro e volto, lentamente, a dormir.


*******
Explicações:
¹: (Robert) Crumb (30 de agosto de 1943, Filadélfia, Pensilvânia) é um artista gráfico e ilustrador, reconhecido como um dos fundadores do movimento underground dos quadrinhos americanos, sendo considerado por muitos uma das figura mais proeminentes deste movimento, cujo ponto de partida foi publicação do gibi artesanal, Zap Comix, idealizado por ele.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Mude o canal


Saindo de casa, ponhos os fones. ouvindo em estéreo, subo a rua. a vida assemelhando-se à um videoclip. Acendo u'cigarro com gestos largos, coreografando. Atravesso a rua com passos ensaiados, a rua vazia sem carros. O  vento vem para sacudir um pouco minha jaqueta, minhas memórias. Respiro fundo junto ao turbilhão, a música vai acabando. O videoclip acaba; eu, não. 
Eu continuo.